quarta-feira, 13 de junho de 2012

Dia de Santo Casamenteiro


Por Vic Constantino

Dia de Santo Casamenteiro!

Santo Antônio nasceu em Lisboa, Portugal no dia 15 de agosto de 1195 e em 1220 entrou para a Ordem Franciscana. Foi teólogo e lecionou em algumas cidades da França e Itália. Morreu em 13 de junho de 1231 e foi canonizado em 13 de maio de 1232.

Segundo a lenda, havia uma moça, cuja família não tinha como pagar seu dote para se casar. A jovem, desesperada pediu ajuda para o santo, que na época, lhe entregou um bilhete que dizia para um comerciante dar à moça moedas de prata equivalentes ao peso daquele papel. O comerciante, despreocupado, colocou o bilhete na balança teve a surpresa de dar aproximadamente 400 moedas, valor que o comerciante havia prometido ao santo um tempo atrás e que o mesmo lhe cobrara de modo a ajudar a moça. Assim, a mulher pôde se casar de forma tradicional e a partir daí todas que querem subir ao altar buscam a ajuda de Santo Antônio.

E se você está solteira e quer resolver logo a questão preste atenção nas simpatias:

Compre uma pequena imagem do santo. Tire o Menino Jesus do colo do religioso, dizendo que só devolverá quando conseguir um namorado, ou ainda, virar o Santo Antônio de cabeça para baixo.

Os que já estão acompanhados, mas ainda não subiram no altar, também possuem práticas específicas. A pessoa deve amarrar um fio de cabelo seu ao do namorado. Eles devem ser colocados aos pés do santo, que, logo, logo, resolverá a questão.

Para reatar com o namorado é preciso um cravo e uma rosa. Os talos devem ser amarrados juntos com uma fita verde, na qual serão dados 13 nós. Durante o procedimento, deve-se pensar que Santo Antônio vai uni-los outra vez.